Lucena elimina Guarabira na 1ª fase da Copa Paraíba sub 15

Com o resultado, o time litorâneo se classificou para a segunda fase da competição, que vai ser realizada nos dias 18 e 25, ida e volta respectivamente, deste mês de maio.

A Copa Paraíba de Futebol sub 15, organizada pela Secretaria de Estado da Juventude Esporte e Lazer (Sejel), teve prosseguimento no sábado (11) com a vitória do Lucena sobre o Guará por 2 a 0, durante jogo no campo do distrito de Costinha. Com o resultado, o time litorâneo se classificou para a segunda fase da competição, que vai ser realizada nos dias 18 e 25, ida e volta respectivamente, deste mês de maio. 

Pela chave do litoral, a segunda fase da copa terá início às 9h. No campo do Jardim Planalto, o Vasco vai enfrentar a Escolinha do Messias. No litoral sul, a Seleção do Conde jogará contra o Gama, e em Mandacaru, a Escolinha Jean e Maia vai pegar o selecionado de Pedras de Fogo. Já na cidade de Caaporã, haverá o duelo entre o América e o Juventus, e no estádio Perereizão, a Seleção de Itatuba receberá o Centro Sportivo Paraibano. Em Bayeux, o Vitória terá de jogar diante do Femar e no campo de Costinha, o Lucena, último classificado, tentará a sorte contra o Kashima. 

O diretor técnico da competição, Raimundo Braga, destacou a repercussão da realização da Copa Paraíba Sub 15 e informou que para a próxima fase o atleta destaque de cada partida receberá uma medalha. “A Sejel vem recebendo inúmeras ligações e contatos de entidades ligadas ao esporte da Paraíba e de até outros estados, buscando saber a forma de realização dessa copa para ser implantada em outros lugares. Chegamos ao final da primeira fase, na qual, dos 32 times, agora só restam 16, mas de agora em diante, todo o garoto que se destacar na partida receberá uma medalha como prêmio motivacional”, disse Braga. 

O secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, ressaltou a importância do Governo do Estado na realização da Copa para meninos até 15 anos. “O Governo, quando pensou em lançar a competição, já foi visando uma forma de interação entre as cidades, como também uma opção de inclusão social. O mais importante de tudo é que em todos os locais que estão acontecendo as partidas, atletas, professores e dirigentes só fazem elogiar o trabalho da equipe, pois essa copa é uma atenção especial aos futuros craques que irão brilhar nos gramados profissionais do Brasil”, frisou. 

Fonte: www.portalcorreio.com.br